Por que contatar um Advogado Trabalhista é Importante

Publié le 28 Février 2017

www.beirithadvogados.com.br

Fazer contato com Advogado Trabalhista previne direitos futuros 

Bom dia amigos, como estão? Todos os dias encontro pessoas em meu escritório com problemas trabalhistas que poderiam ter sido evitados se tivessem feito contato com um advogado com antecedência. 

A maioria dos advogados trabalhistas e escritórios não cobram consulta, ou seja, é totalmente grátis, além das possibilidades de tirar dúvidas em sites como a JusBrasil, entre outros.

Um dos erros mais comuns é o pedido de demissão ou acordo para ser demitido sem se informar com um especialista e, com isso, tendo a necessidade de ingressar na Justiça do Trabalho para reaver direitos "perdidos" e não pagos.

Reuni alguns motivos do porquê você deve procurar um advogado com frequência e, principalmente, antes de tomar quaisquer atitudes. Caso deseje, pode acessar o nosso site oficial Beirith Advogados e fazer contato, será um prazer atendê-lo.

11 Motivos para procurar um advogado trabalhista

  1. A consulta costuma ser gratuita na maioria dos escritórios.
  2. O custo para fazer um processo trabalhista pró-empregado tende a ser apenas um percentual do ganho.
  3. Pode evitar problemas futuros.
  4. Seu pedido de demissão ou "acordo" será mais proveitoso.
  5. O empregador tomará cuidados e observará os prazos de pagamento das verbas rescisórias
  6. Muitas vezes o empregado faz jus a valores que sequer tem conhecimento
  7. Direitos como insalubridade, acidente de trabalho, piso salarial, entre outros, muitas vezes não são pagos pelo empregador.
  8. O atraso no pagamento das verbas rescisórias implica em multa.
  9. A consulta com o advogado trabalhista pode ser feita online.
  10. Obterá uma opinião de especialista.
  11. Pode evitar uma Reclamatória Trabalhista e poupar anos de espera.

Estes são apenas alguns motivos importantes para procurar um advogado trabalhista antes de tomar uma atitude.

Rédigé par Margarita Botello

Repost 0
Commenter cet article